Empregada que sofreu acidente em viagem concedida como prêmio não obtém direito a indenização

Uma funcionária da produtora agrícola Copercampos pleiteou indenização de R$ 350 mil por um grave acidente sofrido e uma van contratada pela companhia para levá-la a uma viagem concedida pela empresa como prêmio. A 3ª Câmara do Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT-SC) absolveu a produtora agrícola entendendo que a empregada estava a caminho de uma viagem internacional concedida como prêmio pela empresa, sem caráter obrigatório.

Fonte: Conselho Superior da Justiça do Trabalho – Veja o texto original na íntegra.

Com o Sistema GreenLegis – Conformidade Legal as empresas podem conhecer e controlar o atendimento à legislação de segurança e saúde ocupacional aplicável às suas atividades, com a melhor tecnologia e conteúdo do mercado, a um excelente custo-benefício. Saiba mais aqui.

Post Recentes

Publicado novo Regulamento do Código de Mineração

Prazo para adesão ao CAR é estendido até o fim do ano

20 mil empresas são autuadas descumprimento da legislação ocupacional

Logística Reversa será condicionante do licenciamento ambiental

Prorrogado prazo para entrega do Relatório anual do IBAMA

Acordos firmados no Fórum Mundial da Água fortalecem consciência sustentável