Comissão de Agricultura discute novas regras para identificação de transgênicos

Segundo a proposta do PLC 34/2015, que muda as regras para identificação de alimentos transgênicos, os produtores não precisarão mais informar no rótulo do produto a existência de organismos geneticamente modificados (OGMs), se a concentração for inferior a 1% da composição total. Caso a concentração de OGMs seja superior a 1%, os produtores devem incluir a informação no rótulo, tanto nos produtos embalados quanto nos alimentos vendidos a granel ou in natura.

Fonte: Senado Notícias – Leia o texto original na íntegra.

Com o Sistema GreenLegis – Conformidade Legal as empresas podem conhecer e controlar o atendimento à legislação de qualidade e segurança de alimentos aplicável às suas atividades e produtos, com a melhor tecnologia e conteúdo do mercado, a um excelente custo-benefício. Saiba mais aqui.

Post Recentes

Cores para identificação de tubulações de gases industriais: ABNT atualiza requisitos

Nova regulamentação para os níveis de iluminamento nos locais de trabalho

Publicada alteração da NR 20 – Inflamáveis e Combustíveis

Publicado novo Regulamento para a Fiscalização de Produtos Controlados pelo Exército

A transição para a NBR ISO 9001:2015 vence em 15 de setembro

Publicado novo marco legal do saneamento básico